«Dai-lhes vós de comer» foi o lema do 18.º Fórum Ecuménico Jovem, em Aveiro

Dezembro 2017 / As últimas

thumbnail_jcf_9550

A ordem de Jesus «Dai-lhes vós de comer» (Mt 14,16) foi o lema da XVIII edição do Fórum Ecuménico Jovem (FEJ 2016), realizado a 12 de novembro no Seminário de S. Joana Princesa, em Aveiro.

D. António Moiteiro, bispo daquela diocese, cumpriu o papel de anfitrião, dando as boas vindas e participando. D. Sifredo Teixeira, presidente do Conselho Português das Igrejas Cristãs, também saudou os cerca de 300 jovens idos de muitos pontos do país.

O aprofundamento do tema coube ao P.e João Gonçalves, responsável pela coordenação da pastoral prisional católica e por diversas obras sociais em Aveiro. Chamou a atenção para a tentação de ‘mandar a malta embora’ quando o que se exige é convidar a sentar e repartir o pão, como fez Jesus. É preciso ver a multidão com problemas, senti-los, ter compaixão e tentar resolver.

O tema do FEJ surgiu do Ano Europeu contra o Desperdício Alimentar, proposto pela União Europeia. Por isso, o P.e João lembrou números da FAO /ONU que dizem que cada pessoa da Europa desperdiça 132 quilos de comida por ano! Evocou ainda outras fomes como a de escuta, de afetos e de valores. Concluiu que temos que ter olhos no coração e ser a voz e a vez dos sem vez e sem voz.

O tempo de reflexão em vinte grupos permitiu aprofundar o tema e reflectir a partir de questões e de objectos escolhidos pela organização.

Mantendo uma tradição que vem do primeiro FEJ (1999), o almoço foi partilhado, sendo tempo e espaço de confraternização entre os jovens vindos de várias partes de Portugal e pertencentes a diversas Igrejas.

A tarde deveria ser de saída às ruas de Aveiro para descobrir muros e pontes construídas para unir ou separar as pessoas. Mas a chuva obrigou a alterar planos e os 20 grupos partilharam as reflexões, com o P.e João comentar e complementar. Também houve tempo para se escutar a história dos 22 FEJ já realizados, bem como de outras iniciativas promovidas pela Equipa Ecuménica Jovem.

Momento alto foi o da Celebração Final com a participação das três centenas de jovens e de uma quinzena de hierarcas das Igrejas. Simbólica foi a partilha de um grande pão pelos jovens e a colocação, junto ao altar da Capela do Seminário, de numerosos produtos de higiene que os jovens ofereceram às Florinhas do Vouga, uma das Obras Sociais da Diocese de Aveiro.

Na hora da despedida era grande a cumplicidade que já se sentia entre os jovens e a gratidão especial aos departamentos de Aveiro da Pastoral Juvenil das Igrejas Católica e Metodista, anfitriões. As Igrejas organizadoras (Católica, Metodista, Lusitana e Presbiteriana) prometem já a edição do XIX FEJ em novembro de 2017.

Texto e Foto: P.e Tony Neves, Congregação do Espírito Santo, www.ecumenismojovem.org

Por: Audácia