O seu nome deriva do latim triticum, porque é um grão triturado

 

Origem

O trigo é um cereal originário de gramíneas silvestres, que se desenvolveram nas proximidades dos rios Tigre e Eufrates, no Médio Oriente, há cerca de 17 mil anos. O seu cultivo aconteceu há, pelo menos, seis mil anos. Desde o início, os grãos eram triturados entre pedras rudes para ser utilizado em forma de farinha.

 

Curiosidades

Há registos do cultivo milenar do trigo no Egito, na Palestina, no Império Romano e na China (neste país era alimento apenas das pessoas ricas).

Os egípcios colocavam grãos de trigo nos túmulos das múmias e usaram-no também nos tijolos da pirâmide de Dashur, construída cerca de 3000 a. C. Os assírios e os babilónios, povos predominantemente agricultores, já o cultivavam por volta do ano 2700 a. C.

Quase todas as religiões lhe atribuem uma origem divina: os egípcios atribuíam o seu aparecimento à deusa Ísis; os fenícios, a Dagon; os hindus, a Brama; os árabes, a São Miguel; judeus e cristãos, a Deus.

O trigo chegou à América com o navegador Cristóvão Colombo, em 1493.

 

Benefícios para a saúde

O trigo é rico em hidratos de carbono, sendo uma ótima fonte de energia. Pelas suas vitaminas E e do complexo B, e de minerais – como manganês, magnésio, potássio, cálcio, cloro e zinco –, melhora em geral todo o metabolismo do corpo.

 

Na cozinha

Existem vinte e uma espécies de trigo. Com os chamados trigos-duros, fazem-se as massas alimentícias; os trigos-moles são usados na panificação.

 

 

Bolo simples de trigo

Bate dois ovos, uma chávena de leite, duas chávenas de farinha de trigo, 100 gramas de margarina derretida, uma colher de sopa de fermento em pó e chávena e meia de açúcar.

Verte para uma forma previamente untada e polvilhada com farinha.

Leva a cozer no forno.

Por: Jorge Ferreira

Deixe uma resposta