Natal de boas ações

Dezembro 2017 / Pátio da Escola

Pag42

 

É preciso tão pouco para celebrar o verdadeiro Natal: boas ações e não boas intenções.

 

As montras teimam em lembrar que é Natal! A maioria, de Natal nada têm, excetuando algumas que lá têm um pequenino presépio, perdido no meio de tantas possibilidades de prendas, doces e enfeites. Outras têm árvores de Natal brancas, carregadas de enfeites curiosos, ursinhos e gnomos. Nas montras, é assim o Natal, tal como na vida de algumas pessoas, mas, na realidade, como devemos enfeitar o Natal e qual deve ser o tamanho do presépio na nossa vida?

 

Alunos têm um papel importante

Há uns meses, foi apresentado um estudo realizado por uma universidade portuguesa, denominado «Atlas da Educação 2017». Neste relatório, foram referidas situações em que os alunos, à partida, teriam mais dificuldade em obter êxito na escola. Fatores como a baixa escolaridade das mães, alunos de outros países que chegam às escolas e as dificuldades económicas são, segundo este estudo, as situações que mais dificultam o sucesso escolar. É importante notar que estas situações dificultam e não impedem um aluno de ter sucesso na escola.

Outro dado curioso é que há escolas de determinadas zonas do País que concentram um maior número de alunos com estas caraterísticas, nomeadamente alunos de outras nacionalidades. Este estudo desafia as escolas para a necessidade de refletirem e arranjarem soluções concretas para ajudar estes alunos.

E se te disser que tu, enquanto aluno, podes ter um papel importante e, arrisco dizer, um papel fundamental neste desafio? Repara: se tens um colega que, ao contrário de ti, não tem ajuda em casa na realização dos TPC, ou um colega que vem de um país diferente e tem dificuldades, quer em compreender a matéria, quer até em arranjar amigos, podes convidá-lo para estudarem juntos na biblioteca da escola ou, depois de falares com os teus pais, convidá-lo para ir lá a casa estudar contigo.

Tens tantas canetas, porque não repartir com os colegas com mais dificuldades?

Um colega nunca leva lanche, porque não dividires o teu com ele? E porque não convidá-lo para a tua festa de anos?

Conversa com os teus colegas e tenta perceber as suas dificuldades.

Estas são algumas atitudes simples e possíveis que podes ter para ajudares a tua escola a superar os desafios que estes estudos lhe colocam e, por outro lado, estás a ajudar colegas que chegam à escola com algumas desvantagens a conseguirem ter sucesso.

 

 

Presépio no coração

O Natal deve ser celebrado em todos os momentos da vida, em todos os lugares, até na escola, imagina!

O Natal deve ser enfeitado de boas ações e o tamanho do presépio deve ser do tamanho do nosso coração, que tanto maior será quantos mais sorrisos de felicidade conseguirmos arrancar com as nossas boas atitudes, os verdadeiros enfeites de Natal.

Cada elemento que pomos no presépio inspira-nos a sermos melhores, desde as simples palhinhas da manjedoura, aos simples animais que aqueciam o Menino. Sê tu o próprio presépio, inspirando quem passa por ti a ser melhor, ao olhar para as tuas ações diárias. Afinal, é preciso tão pouco para celebrar o verdadeiro Natal! Nem é preciso ser dezembro. Feliz Natal!

Por: Isabel Mesquita

Deixe uma resposta