Na noite escura, há estrelas no céu

Dezembro 2017 / Sabes

Pag57

 

Como efeito da rotação da Terra, o céu começa a escurecer quando o Sol desaparece no horizonte. A noite ocorre na parte da Terra que não está voltada para o Sol.

Todavia, o céu é iluminado durante o dia não porque o Sol está à nossa frente, mas porque a luz vinda do Sol atinge a atmosfera, acerta nas moléculas dos gases nela presentes e espalha-se para todas as direções. Se o nosso planeta não tivesse atmosfera, mesmo com o Sol à nossa frente, veríamos o céu escuro como de noite.

 

Estrelas

Quando olhamos para o céu noturno, vemos um número incontável de luzes, que nos chegam das estrelas e também da emitida pelo Sol que é refletida pela Lua e planetas. Essa luz é mais ou menos intensa consoante a distância a que se encontra o emissor. Se, por exemplo, a luz do Sol refletida na Lua demora um segundo a chegar à Terra, já a luz do próprio Sol tarda 8 minutos a atingir o nosso planeta e a luz da estrela Próxima do Centauro, que é a mais próxima a Terra, demora mais de quatro anos a percorrer a distância que nos separa.

 

Objetos brilhantes

Outros objetos brilhantes no céu são os cometas e as estrelas-cadentes. Os cometas são corpos celestes que, quando se aproximam do Sol, exibem radiação como se fossem fósforos a arder. O seu corpo forma a cabeça e deixam um rasto em forma de cauda. As estrelas-cadentes são meteoritos ou partículas cósmicas que ardem ao entrar na atmosfera.

 

Espaço é escuro

O céu noturno revela que o Espaço é escuro. Isso acontece porque não existe atmosfera nem na proximidade do Sol nem perto de estrelas para difundir a luz.

Por: Audácia

Deixe uma resposta