Amor irracional

Outubro 2017 / Cineaudácia

AU_Outubro2017_Pag50

 

Podem os seres racionais aprender com seres irracionais?

Um texto de Philip Ochoa encantou-me, e resumo-o assim:

«Se um cão fosse o teu professor, aprenderias com ele coisas como:

– Quando os teus entes queridos chegam a casa, corre para os cumprimentar.

– Nunca deixes passar uma oportunidade de ir passear.

– Que o ar fresco e o vento na tua cara sejam experiências de puro êxtase.

– Tira sonecas.

– Alonga-te antes de te levantares.

– Corre, salta e brinca diariamente.

– Deixa as pessoas tocarem-te.

– Evita morder, quando um protesto é suficiente.

– Em dias quentes, deita-te de costas sobre a relva.

– Quando estiveres feliz, dança movendo todo o corpo.

– Delicia-te com a simples alegria de uma caminhada.

– Sê fiel.

– Se o que queres está enterrado, escava até o encontrar.

– Quando alguém tiver um dia mau, fica em silêncio, senta-te perto e faz-lhe sentir que estás ali!»

E tudo isto se aplica ao filme Juntos para Sempre, a adaptação ao cinema do livro A Dog’s Purpose, de W. Bruce Cameron.

Toby começa por ser um cão vadio, mas tem novas oportunidades em cada pessoa que encontra. O seu desejo é amar e ser amado. E ele descobre o significado da sua existência através das vidas dos humanos que ensina a rir e a amar.

 

Sobre o filme

Título: Juntos para Sempre

Género: Comédia/Drama

Realizador: Lasse Hallström

Duração: 2h00m

Trailer: https://youtu.be/tlzlz02K5GQ

Por: Audácia

Deixe uma resposta