Página Inicial






Actualizar perfil

Tema Livre
Outubro de 2000

A história do alfabeto
Por: Redacção



As letras do nosso alfabeto têm origem, principalmente, No fenício, que se estendeu pelos povos da Ásia a partir do século XV antes de Cristo. Progressivamente, o alfabeto fenício foi adaptado na Grécia. Na Itália, o alfabeto grego influenciou bastante o abecedário etrusco, que, por sua vez, originou o alfabeto latino (século VII a III antes de Cristo).

 

A-a

Primeira letra do alfabeto fenício, alef, que significava “touro”. No alfabeto grego, o sinal alfa passou a designar a vogal A.

 

B-b

Vem da letra semita bet, cujo significado era “tenda”. Uma tenda dupla deu origem ao sinal escrito da letra B.

 

C-c

Origina-se na letra grega gamma, que, por sua vez, vem do semita gimel, que significa “camelo”.

 

D-d

Vem da letra grega delta que, por sua vez, é idêntica à letra dalet fenícia. O significado dessas letras era “porta”, que determinou o primeiro sinal da letra D.

 

E-e

Acredita-se que o antigo significado dessa letra era “pequena abertura ou janela de uma casa”.

 

F-f

Vem da letra phi grega.

 

G-g

Letra de origem romana nascida de uma diferenciação com a letra C.

 

H-h

Do fenício het, que significava “recinto”, “cercado”, o limite traz a possibilidade de entrar num mundo novo.

 

I-i  J-j

São variantes gráficas da letra fenícia yod, que significa “mão”.

 

K-k

Do fenício kaf, significava “palma da mão”. Corresponde ao kappa grego.

 

L-l

Do fenício lamed, indicava o “aguilhão” para estimular os bois. Na língua grega é o lambda.

 

M-m

Origina-se do fenício mem e representa todo o movimento fluido, como, por exemplo, o mar e as suas ondas.

 

N-n

Vem do semita num, que indica qualquer forma de vida na água.

 

O-o

Do fenício ayin, significava “olho”.

 

P-p

Vem do fenício pe. Indicava a boca e todas as suas funções.

 

Q-q

Vem do fenício gof. Indicava a nuca, a parte posterior do crânio.

 

R-r

Res, na língua fenícia, significava cabeça. Além disso, significava a capacidade de dominar com os olhos a partir de um lugar elevado.

 

S-s

Origina-se do grego sigma, que assimilou os sons sibilantes sin e samek. Esses indicavam os dentes e o pé, considerados pelos fenícios como o sustento do mundo.

 

T-t

Tem origem na última letra do alfabeto fenício, taw. O seu significado era a cruz.

 

U-u  V-v

W-w  Y-y

Todas vêm da mesma letra do alfabeto fenício, a letra wau. O seu significado era o cravo.

 

X-x

Letra introduzida no alfabeto grego com pronúncia mista ks.

 

Z-z

Corresponde ao zeta grego. Foi introduzida no alfabeto latino, na época de Cícero, para a transcrição das palavras gregas.

Imprimir   |   Enviar a um amigo



© copyright Missionários Combonianos - Revista Audácia | Todos os direitos reservados webdesign Terra das Ideias